Pubicado em: ter, fev 5th, 2013

Assassinato no Gameleira

Compartilhar
Tags

assassinato no gameleiraNa segunda feira dia 4 de fevereiro, por volta das 22h30, na rua Professora Edith França, 361, Gameleira, a testemunha PEDRO BARBA, 50 ANOS, estava reunido com alguns amigos comemorando o aniversario de sua genitora e entre os amigos dele estava a vítima VANDERSON DOS SANTOS PINHEIRO, vulgo gaguim, que era seu funcionário. Por volta das 22h12m o senhor Pedro pediu à vítima que fosse até um bar ali próximo para comprar cervejas. Nesse período recebeu uma ligação em seu telefone celular, vindo do numero (034) 8858 1099, de um individuo desconhecido, questionando o paradeiro de gaguim e como poderia encontrá-lo, A testemunha informou que gaguim teria ido a um bar ali próximo. Após a ligação as pessoas presentes na fresta escutaram 03 estampidos semelhante a tiros e logo em seguida a vitima entrou correndo pelo portão e caiu na varanda da residência. As pessoas presentes perceberam que ele sangrava, acionaram o Samu que ainda tentou reanimar Vanderson, porém ele não resistiu ao ferimento veio a óbito. Segundo consta, Vanderson teve alguns envolvimentos em furtos como consta no sistema integrado, e a tempos atrás ele teve uma audiência no fórum referente a um destes furtos envolvendo outros autores e uma caminhonete, sendo que alguns dos comparsas continuaram presos na época, mas ele foi liberado. Um desses comparsas ainda se encontra preso na penitenciaria local, outro, identificado por D. C. M (menor), permanece apreendido no Caresame, em Uberaba. Os demais integrantes do grupo já estão em liberdade. Logo após os disparos passou uma motocicleta de cor escura com apenas um individuo em baixa velocidade observando o local onde o Vanderson entrou correndo segundo o informante com o jeito de que queria conferir o serviço. A perícia e investigadores estiveram no local.

Comentários